Tortura Clássica
INDICE:
Textos

Perfil
Tagboard
Links
Créditos

+ seguir
Retrospectiva @ sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Tic-tac tic-tac. Nessa onda se passam os minutos, as horas, os dias. Os dias se tornam semanas, as semanas se multiplicam em meses... E os meses logo correm pra ano. Um ano se passou. 2 semestres. 12 meses. 365 dias... Desde a decisão. Desde o memento em que bati o pé e decidi: eu, como menina teimosa que sou, vou brincar com o destino e ir atrás do meu sonho. Vou fazer Ballet sim e vai ser lá no CDRio, a horas e horas da minha casa... Vou crescer. Vou ser alguém. Vou viver.
Se to bem? Sim. Se cresci? Mais ainda. Sobre ser alguém... não sei. É preciso saber sonhar tanto quanto é preciso saber viver. O negócio é que eu to seguindo o conselho do Caio, não sei se você sabe, algo tipo relaxe e curta. Aproveitei cada segundo. Dei o máximo de mim. Suguei todo o ensino que poderia sugar de minha mestra esse ano. Dancei, dancei muito, todos os dias. Me apresentei três vezes, sorri bastante, valeu a pena. To feliz, sabe? Eu sei que não sou a melhor... Mas é tão... incrível. Tudo é tão incrível. Olhar pra trás e ver tudo pela qual passei... Olhar pra frente e ter noção de tudo pela qual tenho capacidade de passar... E ter enfrentado e estar disposta a continuar enfrentando tudo sozinha é simplesmente maravilhoso. Sinto-me inteira. Sinto-me orgulhosa de mim e toda a minha coragem. Sinto-me, finalmente, alguém.
O tempo passou e continua passando. As férias chegaram e daqui em apenas 1 mês vão acabar. E eu vou viver. Vou entrar na academia, comer chocolate, sair pra fazer compras, viver um pouco minha vida. Por um mês, vou fazer as coisas que quis fazer durante esse ano e não me permiti pelo ballet... Vou curtir. Relaxar. E treinar um pouquinho, é claro.
A questão que eu quis deixar clara é a seguinte: eu estou achando o equilíbrio das coisas. Estou parando com a mania de levar tudo pro lado tragico... Sobre o que eu vou fazer nas férias? Sobre o que eu vou fazer ano que vem? Ah... Eu decidi ser feliz... Que tal?